Títulos de Dívida e Mudanças Climáticas: Análise de Mercado 2017

6 de outubro de 2017

Tweet about this on TwitterShare on Facebook

O estudo “Títulos de Dívida e Mudanças Climáticas: Análise de Mercado 2017” identificou um universo de $895 bilhões em títulos climáticos que financiam projetos e ativos de baixo carbono e resilientes à mudança climática, um aumento de $201 bilhões em relação a última publicação. O relatório destaca o papel de entes soberanos e subsoberanos para atingir as metas delimitadas pelo Acordo de Paris. Com capítulo destinado ao Brasil, a publicação enorme aponta potencial para liderança do país no panorama de investimentos verdes mundial.

O mercado de títulos verdes está crescendo rapidamente no Brasil. O primeiro título verde rotulado de um emissor brasileiro foi emitido pela companhia alimentícia BRF em junho de 2015. No total, nove títulos verdes brasileiros já foram emitidos, somando US$3,67 bilhões, cinco dos quais foram emitidos no mercado internacional.

Realizado pela Climate Bonds Iniciative com o patrocínio do HSBC a edição brasileira do estudo “Títulos de Dívida e Mudanças Climáticas: Análise de Mercado 2017” contou com a participação da SITAWI Finanças do Bem como parceira de conteúdo e do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID como patrocinador. O relatório analisa como títulos de dívida estão sendo usados para financiar a transição para uma economia de baixo carbono.

Tweet about this on TwitterShare on Facebook

SITAWI_CBI-SotM-17_capa