Mudanças Climáticas e seus Impactos na Sociobiodiversidade do Rio Juruá

6 de outubro de 2021

O Programa Território Médio Juruá é uma iniciativa de desenvolvimento territorial focada no Médio Juruá, uma região de alta importância biológica no estado do Amazonas, que tem como objetivo a conservação da biodiversidade e a melhoria da qualidade de vida das populações tradicionais e indígenas do território.

Nesta pesquisa, o objetivo é gerar um panorama sobre tais impactos nos modos de vida tradicionais das comunidades amazônicas, especialmente do Médio Juruá e seu entorno, bem como gerar subsídios para aumentar a resiliência das cadeias produtivas.

Essa bacia hidrográfica, composta por mais de 2 milhões de hectares repletos de lagoas, várzeas e rios interconectados, foi reconhecida em 2018 como Sítio Ramsar, passando a compor uma seleta lista de áreas úmidas de importância internacional. O título representa enorme responsabilidade e também uma oportunidade para ações de uso sustentável que garantam a biodiversidade e a qualidade de vida das populações que lá residem.

No entanto, isso só é possível com a participação dos que vivem o dia a dia do Juruá, das organizações da sociedade civil e do poder público compromissados com a qualidade de vida de todos. Com este estudo, a SITAWI e os parceiros do Programa Território Médio Juruá – USAID, Natura, Coca-Cola Brasil e Fórum do Território Médio Juruá – também buscam estimular iniciativas de conservação da biodiversidade local e de desenvolvimento social, ambiental e econômico da região.

O estudo Mudanças climáticas e seus impactos na Sociobiodiversidade do rio Juruá foi desenvolvido por João Vitor Campos-Silva com a participação de André Braga Junqueira, Guilherme G. Mazzochini, Alfredo L. Perez, Marcel Silva, Mariana Estevo, Paulo C.M. Andrade e revisado por Roland Widmer, Felipe J. Pires e Júlia Tavares sob coordenação da SITAWI no âmbito do Programa Território Médio Juruá.