Estratégia de Finanças Climáticas para as IFDs Brasileiras

18 de abril de 2019

Tweet about this on TwitterShare on Facebook

Comissionado pela Embaixada Britânica – Foreign and Commonwealth Office, com parceira da Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) e coordenação técnica da SITAWI Finanças do Bem, este relatório tem como objetivo gerar recomendações para o desenvolvimento de uma estratégia de finanças climáticas para a Associação Brasileira de Desenvolvimento e suas Instituições Financeiras de Desenvolvimento (IFDs) associadas, como parte do Projeto de Estratégia de Finanças Climáticas.

Estratégias de finanças climáticas compreendem a definição de políticas, planos de ação e medição de desempenho associadas a objetivos de combate à mudança do clima por parte de instituições financeiras. Isto consiste em avaliar internamente os riscos associados à mudança do clima nas operações e carteiras das instituições e oportunidades de negócios para desenvolvimento de linhas de financiamento climáticas, em consonância com os compromissos da NDC dos países.

Este relatório analisa o atual posicionamento das instituições do Sistema Nacional de Fomento no que concerne ao combate à mudança do clima e ao atingimento das metas estabelecidas pelo Acordo de Paris através da Contribuição Nacional Determinada do Brasil (NDC). Inclui também uma análise de benchmark com instituições financeiras de desenvolvimento internacional, especialmente na América Latina.

Tweet about this on TwitterShare on Facebook

Captura de Tela 2019-04-18 às 6.34.02 PM