Portfólio de Investimento de Impacto da SITAWI

O portfólio SITAWI está espalhado por todo o Brasil e abrange uma vasta gama de organizações e ODS’s.

Conheça nosso portfólio:

O que faz:

Atua para redefinir as premissas da educação pública nacional..

Solução que oferta:

Desenvolve projetos educacionais para redes públicas de ensino.

ODS’s de Atuação:

4 (Educação de qualidade).

Utilização do empréstimo:

Expansão e desenvolvimento de metodologia para o alunos do Ensino Fundamental I.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Fundo Socioambiental Rotativo (FSR)

Impacto:

Já alcançou cerca de meio milhão de alunos de 430 municípios; formou mais de 1.000 professores.

Visite o site

O que faz:

Atua sob o viés da economia circular transformando artesãs de baixa renda em empreendedoras que transformam resíduos de empresas em novos produtos.

Solução que oferta:

Profissionalização empreendedora de artesãs para comercialização de itens sustentáveis a partir de matéria prima reaproveitada.

ODS’s de Atuação:

1 (Erradicação da pobreza) 4 (Educação de Qualidade), 5 (Igualdade de Gênero), 8 (Trabalho decente e crescimento econômico), 10 (Redução das Desigualdades) e 12 (Consumo e Produção Responsáveis).

Utilização do empréstimo:

Composição do fluxo de caixa

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Fundo Socioambiental Rotativo (FSR)

Impacto:

Constituiu uma rede com +600 artesãs, centralizando grupos produtivos para acessar melhores oportunidades de negócio e acessar melhores patamares de renda

Visite o site

4YOU2_logo_idiomas_principal (1)

O que faz:

Escola de línguas voltada para as classes CDE.

Solução que oferta:

Traz um modelo inovador que alia professores estrangeiros, uma metodologia adaptativa e o menor preço do mercado.

ODS’s de Atuação:

1 (Erradicação da pobreza) e 4 (Educação de qualidade).

Utilização do empréstimo:

Implementar metodologia online para o nível intermediário.+ sistema de gestão integrada.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Fundo Socioambiental Rotativo (FSR)

Impacto:

Mais de 10 mil alunos, em sua maioria das classes C, D e E, já foram atendidos pela escola.

Visite o site

 Feira Preta_ logo

O que faz:

Objetiva difundir costumes e tradições da cultura negra e fomentar negócios de empreendedores desta comunidade.

Solução que oferta:

Potencialização e exposição de negócios de empreendedores negros

ODS’s de Atuação:

3 (Saúde e bem-estar) e 10 (Redução das desigualdades).

Utilização do empréstimo:

Capital de giro e expansão

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Fundo Socioambiental Rotativo (FSR)

Impacto:

Pelas 14 edições anteriores do evento, passaram mais de 130 mil pessoas, que geraram uma receita de ~R$4,5 milhões para os expositores. Aproximadamente, 500 artistas e 600 microempreendedores afro-brasileiros participaram da Feira, muitos dos quais iniciaram seus empreendimentos informalmente em edições passadas e hoje têm empresas formalmente constituídas.

Visite o site

Imagem9.fw

O que faz:

Acolhe e desenvolve o potencial de jovens com altas habilidades, para que possam atuar como líderes conscientes.

Solução que oferta:

Oferece cursos de ensino fundamental e médio para alunos com altas habilidades através de metodologia inovadora.

ODS’s de Atuação:

4 (Educação de qualidade).

Utilização do empréstimo:

Capital de giro para adequação da infraestrutura da instituição.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Fundo Socioambiental Rotativo (FSR)

Impacto:

A primeira leva de alunos, em 2014, contou com 18 jovens e, em 2016, esse número pulou para 231 alunos.

Os alunos do ensino médio do Alpha Lumen vêm se destacando em competições universitárias e, uma dupla de empreendedores de 18 anos, recebeu R$1MM de investimento em sua startup, a Pagar.me.

Visite o site

Druck

O que faz:

Empresa de plantio e cultivo de Macaúba para produção de óleo que substitua o óleo de palma.

Solução que oferta:

Produção de óleo vegetal sustentável em parceria com agricultores familiares, evitando desmatamento ou mudanças no uso da terra com a coexistência de agropecuária no mesmo local.

ODS’s de Atuação:

1 (Erradicação da pobreza), 2 (Fome zero), 7 (Energia Limpa), 8 (Trabalho decente e crescimento econômico), 9 (Indústria, Inovação e Infraestrutura), 10 (Redução das Desigualdades), 13 (Ação contra a mudança global do clima), 15 (Vida Terrestre) e 17 (Parcerias e meios de implementação).

Utilização do empréstimo:

Complementar fluxo de caixa

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Fundo Socioambiental Rotativo (FSR)

Impacto:

A produção de óleo vegetal sustentável de macaúba plantada nos pastos do cerrado brasileiro pode exceder e substituir a produção mundial de palma sem derrubar uma única árvore, gerando reflorestamento e renda para muitas famílias.

Visite o site

logo-inovaurbis

O que faz:

Propõe soluções de construções e reformas de casas a preços populares para população de baixa renda.

Solução que oferta:

Reformas de baixa complexidade a preços acessíveis.

ODS’s de Atuação:

8 (Trabalho decente) e 11 (Cidades e comunidades sustentáveis)

Utilização do empréstimo:

Ações de marketing de relacionamento e promocional, inteligência de mercado e treinamentos.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Fundo Socioambiental Rotativo (FSR)

Impacto:

Ao menos 300 projetos de reforma foram concluídos.

Visite o site

emprestimo-cies

O que faz:

Levar a qualquer comunidade, atendimento médico especializado, humanizado e de alta tecnologia através de seus centros médicos móveis avançados.

Solução que oferta:

Atendimento médico em geral e exames especializados.

ODS’s de Atuação:

3 (Saúde e bem-estar) e 10 (Redução das desigualdades)

Utilização do empréstimo:

Capital de giro, expansão e aquisição de bens para projeto itinerário e construção de unidade.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Fundo Socioambiental Rotativo (FSR)

Impacto:

Somente através do programa Hora Certa, o CIES projeta atingir milhares de pacientes, com um leque de exames médicos e cirurgias, e capacitar agentes de saúde (médicos e enfermeiros). Além disso, a nova carreta tem capacidade de atender 250 pacientes por dia.

Visite o site

logo_coperjunho

O que faz:

Cooperativa de produção de alimentos orgânicos.

Solução que oferta:

Alimentos saudáveis e orgânicos

ODS’s de Atuação:

1 (Erradicação da pobreza), 2 (Fome zero), 8 (Trabalho decente e crescimento econômico), 9 (Indústria, Inovação e Infraestrutura), 10 (Redução das Desigualdades), 12(Consumo e produção responsáveis), 13 (Ação contra a mudança global do clima) e 15 (Vida Terrestre).

Utilização do empréstimo:

Complementar capital de giro

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Fundo Socioambiental Rotativo (FSR)

Impacto:

O impacto socioambiental da Coperjunho se dá através de duas frentes: geração de renda para os assentados e produção orgânica (tubérculos e hortaliças) de grande parte dos produtos da cooperativa. Atualmente, gera em torno de 30 empregos diretos e detém mais de 40 famílias agricultoras associadas que se beneficiam indiretamente com a venda da produção orgânica.

Visite o site

logo_ecoservices

O que faz:

Busca reduzir os impactos ambientais e as emissões de carbono na construção civil, em Sorocaba e região.

Solução que oferta:

Tecnologias sustentáveis para redução do uso da água tratada e do consumo de energia elétrica ou gás, por meio de aquecimento solar, ecotelhado e aproveitamento de água da chuva.

ODS’s de Atuação:

7 (Energia Limpa), 8 (Trabalho decente e crescimento econômico), 9 (Indústria, Inovação e Infraestrutura), 10 (Redução das Desigualdades), 12 (Consumo e produção responsáveis) e 13 (Ação contra a mudança global do clima).

Utilização do empréstimo:

Complementação do capital de giro e expansão.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Fundo Socioambiental Rotativo (FSR)

Impacto:

Até o momento, houve redução de cerca de 507 toneladas de CO² e +8 mil m³ de água anuais e uma área plantada de cerca de 13 mil m².

Visite o site

Peabiru-instituto

O que faz:

Busca valorizar a diversidade cultural e ambiental e apoiar processos de transformação social na Amazônia.

Solução que oferta:

Produtos amazônicos desenvolvidos pelas famílias acompanhadas pelo instituto.

ODS’s de Atuação:

12 (Consumo e produção responsáveis) e 15 (Vida terrestre)

Utilização do empréstimo:

Ajustes de caixa para sustentabilidade financeira.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Fundo Socioambiental Rotativo (FSR)

Impacto:

O Projeto ATER-Marajó consiste em trabalhar em um período de 30 meses com 676 famílias em dois municípios com nível baixíssimo de IDHM, na Ilha do Marajó, gerando desenvolvimento local e produtos amazônicos que são comercializados através da plataforma de e-commerce do instituto.

Visite o site

emprestimo-lar

O que faz:

Presta serviços de apoio às comunidades do entorno do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Solução que oferta:

Atividades pedagógicas, culturais e educacionais.

ODS’s de Atuação:

4 (Educação de qualidade) e 10 (Redução das desigualdades).

Utilização do empréstimo:

Composição de capital de giro.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Fundo Socioambiental Rotativo (FSR)

Impacto:

O impacto social do Lar se dá através da educação e da introdução de crianças e jovens ao mundo da música, da cultura e das artes. Até o ano de 2015, foram mais de 2,3 milhões de sopas servidas, 2.789 crianças atendidas, 4.900 famílias atendidas com média de 261 atendimentos por ano. Atualmente, o Lar presta assistência a mais de 300 famílias das comunidades Coréia, Vila Inglesa e Vila Santa Catarina, através de dois projetos principais: o Centro de Educação Infantil (CEI) e o Centro da Criança e do Adolescente (CCA).

Visite o site

logo_modile-metrix

O que faz:

Pioneira na pesquisa de mercado inclusiva que conecta comunidades desfavorecidas a produtos e serviços essenciais.

Solução que oferta:

Abordagem de impacto social em três frentes para a pesquisa de mercado primária: Coleta de dados e mapeamento das comunidades; Entrega de informações, produtos e serviços; e Loop de feedback do cliente

ODS’s de Atuação:

1 (Erradicação da pobreza) e 10 (Redução das desigualdades).

Utilização do empréstimo:

Capital de giro para implementação de pesquisa no Brasil

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Fundo Socioambiental Rotativo (FSR)

Impacto:

O empréstimo facilitou a implementação da pesquisa e, desta forma, melhorou empregabilidade de jovens nas comunidades, aumentou a visibilidade das necessidades nessas áreas e proporcionou treinamento em saúde e higiene para os moradores das mesmas comunidades.

Visite o site

 

ATRAVÉS DA PLATAFORMA DE EMPRÉSTIMO COLETIVO:

Logo CoopSertão

O que faz:

Promove o fortalecimento da agricultura familiar por meio do cooperativismo, com práticas agroecológicas e profissionalização das unidades produtivas.

Solução que oferta:

Alimentos orgânicos agroecológicos e processados.

ODS’s de Atuação:

2 (Fome zero e agricultura sustentável), 3 (Saúde e bem-estar) e 6 (Água potável e saneamento)

Utilização do empréstimo:

Composição do capital de giro para escoamento da produção.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo

Impacto:

Em 2018 repassou para associados cerca de R$ 900 mil, aumentando este número em 24% entre anos. Por trabalhar constantemente com a promoção da igualdade de gênero, fomenta ativamente a participação efetiva de mulheres na produção agrícola. Além disso, no viés ambiental, fomenta sistemas produtivos que integram a recuperação de pastagens.

Visite o site

Logo Inteceleri

O que faz:

Desenvolve ferramentas tecnológicas para o aprendizado de matemática.

Solução que oferta:

Cria projetos, soluções e ferramentas capazes de ajudar a mudar a forma como se ensina matemática.

ODS’s de Atuação:

4 (Educação de qualidade) e 10 (Redução das desigualdades).

Utilização do empréstimo:

Composição do fluxo de caixa e desenvolvimento de novos produtos.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo e Fundo Socioambiental Rotativo (FSR).

Impacto:

A Inteceleri foca seus produtos na rede pública de ensino do Brasil (90% de sua base de alunos) e está presente em +14 cidades na região Norte e Nordeste do país 

Avaliação de pais e responsáveis sobre metodologia e materiais e a mudança de comportamento dos alunos foi positiva em mais de 93% dos respondentes.

Visite o site

Logo Orgânicos In Box

O que faz:

Conecta as colheitas de pequenos produtores orgânicos a consumidores das cidades do RJ e SP.

Solução que oferta:

Plataforma de e-commerce que simplifica o acesso à cestas de alimentos orgânicos.

ODS’s de Atuação:

2 (Fome zero e agricultura sustentável), 3 (Saúde e bem-estar) e 6 (Água potável e saneamento)

Utilização do empréstimo:

Investimento em estruturação para captação de novos clientes e sistemas de suporte para expansão.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo

Impacto:

Do lado dos fornecedores, a Orgânicos conquistou uma relação de confiança com pequenos produtores rurais certificados, proporcionando a eles, vendas seguras e preço justo de transação. Do lado dos clientes, a empresa oferece alimentação saudável com comodidade (cestas recebidas em casa), livre de agrotóxico a preços 30% abaixo do mercado.

No contexto ambiental, a companhia fomenta o cultivo da terra livre de contaminação, reduzindo a contaminação da terra e dos lençóis freáticos de substâncias químicas nocivas.

Já injetou aproximadamente R$2,5 milhões na produção de alimentos sem agrotóxicos.

Visite o site

Logo Upsaúde App

O que faz:

Amplia o acesso e qualidade da saúde através da inovação e tecnologia, conectando e empoderando usuários, profissionais e gestores; e atuando na política pública de saúde.

Solução que oferta:

Aplicativo de integração e inteligência de dados do SUS para marcação de consultas, armazenamento de histórico de diagnósticos, telemedicina e relatórios gerenciais.

ODS’s de Atuação:

1 (Erradicação da pobreza) e 3 (Saúde e bem-estar)

Utilização do empréstimo:

Capital de giro e desenvolvimento de features do app.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo

Impacto:

O aplicativo apresentou fácil usabilidade e boa aderência, já tendo sido contratado por mais de 20 prefeituras, com crescimento de 1 a 4 novos municípios por mês, promovendo redução relevante das filas de atendimento. Seu alcance está previsto para chegar a 4 milhões de pessoas nos próximos anos. Através da redução do tempo de espera e do fornecimento de histórico e relatórios, é possível maior precisão de diagnósticos e tratamentos mais efetivos.

Visite o site

 Logo Stattus4

O que faz:

Atua no desenvolvimento de softwares no âmbito do Gerenciamento de Distribuição de Água, tendo como foco principal a detecção automática de vazamentos na rede de distribuição.

Solução que oferta:

Sistema inteligente e integrado de detecção de vazamentos

ODS’s de Atuação:

6 (Água potável e saneamento), 9 (Indústria, inovação e infraestrutura) e 11 (Cidades e comunidades sustentáveis).

Utilização do empréstimo:

Desenvolvimento de novo equipamento que ajuda a identificar a causa dos vazamentos.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo

Impacto:

Os sensores disponibilizados pela empresa reduzem expressivamente o tempo gasto normalmente pelas distribuidoras na detecção de vazamento. Alguns clientes relataram que trabalhos de campo de mais de dez dias foram reduzidos para meio período de um único dia. Em levantamentos iniciais de projetos pilotos entre o final de 2017 e o penúltimo trimestre de 2018, foram detectados mais de 500 pontos de vazamento, o equivalente a uma perda de água no volume de 20 piscinas olímpicas (50.000 m³ de água) que não foram perdidos.

Visite o site

logo Na'kau Chocolates

O que faz:

Promove a conservação da floresta amazônica por meio da comercialização de alimentos éticos e íntegros e da inclusão dos povos amazônicos.

Solução que oferta:

Chocolate gourmet “Na’kau”, produzido com cacau amazônico selvagem comprado de produtores de comunidades ribeirinhas agroextrativistas.

ODS’s de Atuação:

2 (Fome zero e agricultura sustentável), 11 (Cidades e comunidades sustentáveis), 12 (Consumo e produção sustentáveis) e 13 (Ação contra a mudança global do clima).

Utilização do empréstimo:

Composição de capital de giro para expansão, novos produtos e marketing

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo

Impacto:

A Na’Kau iniciou suas operações em 2017, comercializando +R$ 3,3 tons em chocolates finos, utilizado aproximadamente 6 tons de amêndoas compradas do produtor ribeirinho polpas produzidas por +30 pequenos produtores ribeirinhos. Está presente em 180 pontos de vendas, exportando para 4 países da Europa, América do Norte e Ásia.  

Trabalha com +30 famílias produtoras de cacau, comprando cerca de 7.200 quilos do fruto de cada uma. A renda gerada é suficiente para que o cacau seja a única fonte econômica de muitas delas, evitando que recorram a atividades que prejudiquem a floresta. Também vem capacitando as famílias produtoras em técnicas sustentáveis de produção do cacau selvagem de alta qualidade.

Visite o site

logo Tucum Brasil

O que faz:

Fortalece as comunidades indígenas através do escoamento de artesanato e biojóias produzidos pelas mesmas.

Solução que oferta:

Marketplace de produtos de origem indígena.

ODS’s de Atuação:

5 (Igualdade de gênero), 8 (Trabalho decente e crescimento econômico), 10 (Redução das desigualdades) e 12 (Consumo e produção responsáveis).

Utilização do empréstimo:

Desenvolvimento de nova plataforma de marketplace que possibilita redução de custos e aumento de oferta.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo

Impacto:

Atualmente, TUCUM é a responsável pela intermediação da venda de produtos artesanais produzidos por mais de 2.500 artesãos de etnias diversas distribuídas em áreas protegidas da Amazônia – que juntas somam 20 milhões de hectares de floresta nos estados do Amazonas, Pará, Rondônia, Acre, Mato Grosso e Tocantins.Entre 2016 e 2019, a TUCUM comercializou mais de 22 mil peças, faturando mais de R$ 1,7 milhão e beneficiando mais de 2.500 artesãs revertendo para as comunidades mais de R$ 500 mil. Com a geração de renda e valorização da cultura e trabalho das comunidades indígenas e tradicionais é possível preservar os costumes e tradições destas populações e, consequentemente, oferecer opções de renda que não sejam atividades econômicas nocivas à Floresta Amazônica.

Atualmente são 34 tribos em 31 áreas protegidas que ocupam um território demarcado de 20 milhões de hectares de floresta. Com a futura inclusão das demais 40 etnias, é possível alcançar um território de cerca de 40 milhões de hectares.

Visite o site

Logo COEX Carajás

O que faz:

Gera renda para famílias da base da pirâmide da região de Carajás (Pará) por meio do extrativismo sustentável de folhas do Jaborandi e sementes nativas variadas para reflorestamento.

Solução que oferta:

Extrativismo sustentável de folhas e sementes apoiando o reflorestamento de áreas degradadas da Amazônia.

ODS’s de Atuação:

8 (Trabalho decente e crescimento econômico), 12 (Consumo e produção sustentáveis) e 15 (Vida Terrestre).

Utilização do empréstimo:

Ações para crescimento (marketing, pesquisa, implementação de sistemas tecnológicos e otimizações logísticas)

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo

Impacto:

Sua atividade mantém preservada a Floresta Nacional dos Carajás. Já comercializou mais de 250 mil kg do Jaborandi (necessário para a produção de colírios e necessariamente nativo e não plantado com intervenção humana).

A capacitação de extrativismo sustentável também muda a visão do cooperado sobre a região e sobre a floresta. Estas ações possibilitam que novas gerações aprendam a nova técnica de extração, e assim, continuem com o processo de conservação da floresta como negócio.

Com as sementes comercializadas pela COEX-CARAJÁS, já possível recuperar 1.037,8 hectares de floresta, igual a 10 milhões de metros quadrados. Já foram comercializados +250 mil quilogramas de jaborandi, gerando renda para pelo menos 80 famílias.

Além disso, gera emprego e renda adicional para folheiros de Carajás. Em média os extrativistas arrecadam R$ 2.000,00 a 2.500,00 ao mês. Através da Cooperativa, 39 famílias são beneficiadas diretamente.

Visite o site

Logo Pratika Engenharia

O que faz:

Provê o acesso à energia elétrica limpa para comunidades quilombolas isoladas na Calha Norte do Brasil.

Solução que oferta:

Instalação e manutenção de kits completos de energia solar a preços acessíveis e parcelados.

ODS’s de Atuação:

7 (Energia limpa e acessível), 11 (Cidades e comunidades sustentáveis) e 12 (Consumo e produção sustentáveis).

Utilização do empréstimo:

Ações para expansão (otimização logística, capital de giro e estruturação de pontos de venda)

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo

Impacto:

A empresa que começou em maio/2017, já vendeu R$141 mil em kits completos de painéis solares, levando energia elétrica limpa a 31 famílias de comunidades quilombolas. Entre agosto de 2019 e março de 2020, a Pratika vendeu 59 kits, alcançando mais de 30 famílias na Calha Norte do país. Outras 16 instalações foram realizadas em empresas, instituições e órgãos locais. A movimentação da economia local foi naturalmente iniciada, uma vez que as atividades no período da noite passam a ser possíveis.

Visite o site

Logo OKA Sucos

O que faz:

A partir da produção de sucos de frutas nativas, a OKA Sucos atua na cadeia de alimentos amazônicos apoiando o pequeno produtor familiar, valorizando e capacitando-os no cultivo agroecológico de espécies nativas da região.

Solução que oferta:

Produção e comercialização de sucos típicos do norte do Brasil a partir do fomento e capacitação do pequeno produtor rural da região.

ODS’s de Atuação:

2 (Fome zero e agricultura sustentável) e 12 (Consumo e produção responsáveis)

Utilização do empréstimo:

Aumento da capacidade produtiva, capital de giro e marketing

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo

Impacto:

A OKA iniciou suas operações em 2018, comercializando +8,5 mil litros de suco, utilizando aproximadamente 2 toneladas de polpas produzidas por +200 pequenos produtores familiares do Pará. Em 2019, comprou um volume total de aproximadamente 5 mil litros de polpas, representando uma geração de renda de R$16 mil para os pequenos produtores da região.

Visite o site

LOGO MANAÓS TECH

O que faz:

Escola de educação tecnológica para crianças e adolescentes

Solução que oferta:

Metodologia que valoriza o protagonismo do aluno e desenvolve habilidades como criatividade, pensamento crítico e colaboração durante a resolução de problemas através de cursos de programação, robótica, criação de aplicativos e de games e de pilares como tecnologias para empreendedorismo de impacto.

ODS’s de Atuação:

4 (educação de qualidade) e 8 (trabalho decente e crescimento econômico).

Utilização do empréstimo:

Capital de giro, desenvolvimento de metodologia EAD e Expansão.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo.

Impacto:

Em apenas dois anos e meio de funcionamento a Manaós Tech já capacitou mais de 5 mil alunos, pagantes e bolsistas, e realizou inúmeras oficinas gratuitas.no ano de 2019, ano de base pois não contou com ações de distanciamento social, foram realizados diversos workshops gratuitos em parceria com a Prefeitura local com o tema “Aprendendo Profissões” e “Empreendendo o Futuro” onde mais de 540 crianças foram contempladas.

Visite o site

Logo Movimento Eu Visto o Bem

O que faz:

Produz e comercializa roupas, uniformes, acessórios, brindes e máscaras por meio de políticas e processos lixo zero.

Solução que oferta:

Capacita e emprega mulheres detentas e ex-detentas da Penitenciária Feminina do Butantã e mulheres refugiadas na Vila Leopoldina em São Paulo.

ODS’s de Atuação:

5 (igualdade de gênero), 8 (trabalho decente e crescimento econômico), 10 (redução de desigualdades) e 12 (Consumo e produção responsáveis).

Utilização do empréstimo:

Capital de Giro, quitação de dívidas e investimento na infraestrutura do ateliê e showroom localizado na Vila Olímpia para certificação da Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX).

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo.

Impacto:

Já capacitou e empregou mais de 250 mulheres detentas, ex-detentas e refugiadas, gerando cerca de R$ 2 MM de renda, com vendas de 100 mil artigos de moda, e 80 mil máscaras. Toda a produção no modelo lixo zero. Além disso, em 4 anos de funcionamento a organização já resgatou 10,5 mil metros de tecidos e doou mais de 43 mil máscaras para 17 instituições que atuam com público vulnerável com uso de mais de 17 mil garrafas PET recicladas.

Visite o site

Logo Cooperativa YouGreen

O que faz:

Provê gestão de resíduos eficiente e justa em toda a sua cadeia produtiva, oferecendo emprego digno para os cooperados, soluções ambientais e econômicas viáveis e de maior impacto para seus clientes.

Solução que oferta:

Cooperativa que faz a gestão integrada dos resíduos sólidos, desde a sua geração, coleta, triagem, reciclagem, até o destino final.

ODS’s de Atuação:

1 (erradicação da pobreza), 8 (trabalho decente e crescimento econômico), 10 (redução de desigualdades) 11 (Cidades e comunidades sustentáveis), 12 (Consumo e produção responsáveis) e 13 (Ação contra a mudança global do clima).

Utilização do empréstimo:

Adquirir um caminhão de coleta de rejeitos, e assim ser autossuficiente na operação de coleta e destinação de rejeito para aterro sanitário.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo.

Impacto:

A cooperativa conta com quase 50 cooperados, entre egressos do sistema prisional, imigrantes e refugiados, moradores de abrigos, transexuais e possuem metas de diversidade baseadas no último censo demográfico do IBGE. Com foco em renda digna e produtividade na YouGreen o catador cooperado ganha em média R$ 1.780 por mês, que é 3 vezes mais o que o setor tem como valor médio de remuneração.

Além disso até hoje, processaram +6 mil toneladas de resíduos, dando destinação correta, diminuindo os impactos no meio ambiente e gerando renda para seus cooperados.

Com quase 10 anos de funcionamento, a YouGreen é reconhecida no ecossistema de impacto como um modelo viável de geração de renda digna, impacto ambiental e sustentabilidade financeira.

Visite o site

Logo Cooperativa Caroá

O que faz:

Cooperativa formada e gerida por jovens agricultores do semiárido cearense que lutam para permanecer no campo através da agricultura sustentável.

Solução que oferta:

Atua seguindo princípios agroecológicos e éticos na produção, incentivando a alimentação saudável, a sustentabilidade, o comércio justo, a economia solidária e o protagonismo de mulheres e jovens rurais que acreditam no potencial local.

ODS’s de Atuação:

2 (fome zero e agricultura sustentável), 12 (Consumo e produção responsáveis) e 13 (Ação contra a mudança global do clima).

Utilização do empréstimo:

Fortalecimento produtivo dos seus cooperados e investimento em CAPEX.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo

Impacto:

Atualmente, a Caroá possui 28 cooperados, sendo que 70% possuem idade entre 20 e 30 anos e todos são agricultores familiares. Na lista de espera possuem mais 7 cooperados interessados em juntar-se à cooperativa, sendo que os novos membros serão incluídos à medida em que a demanda aumentar. Os 28 cooperados da Caroá são jovens agricultores do semiárido cearense, que comercializam 34 variedades de verduras, frutas e legumes, além de alguns produtos beneficiados. Com o fortalecimento do grupo, menos agricultores são pressionados a buscarem oportunidades de trabalho nas cidades.

Visite o site

logo Maranha filmes

O que faz:

Desenvolvimento de filmes de curta ou longa metragem que valorizam as identidades brasileiras através de um olhar plural e do compromisso estético e narrativo.

Solução que oferta:

Produtora especializada em conteúdo audiovisual de impacto.

ODS’s de Atuação:

1 (erradicação da pobreza), 5 (igualdade de gênero), e 10 (redução de desigualdades).

Utilização do empréstimo:

Capital de giro.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo

Impacto:

Com 8 anos de existência a organização já produziu mais de 200 filmes, valorizando as identidades brasileiras com um olhar plural, compromisso estético e narrativo. Ao longo de sua trajetória foram contemplados com prêmios como Melhor Filme no “Festival Entre Todos” (2014) na Categoria Visão Social com o web documentário “Rolezinhos”; Shortlist ONU no Summer Award na categoria de Inovação Social; Prêmio Google GBG na categoria de Stories Challenge, entre outros. São mais de 200 filmes produzidos, 50 projetos de audiovisual implementados e 30 organizações alcançadas. A Maranha também disponibiliza grande parte de seu material já gravado em plataforma própria: o site da organização teve aproximadamente 236 mil visualizações nos últimos 12 meses .

Visite o site

Logo Sintecsys

O que faz:

Climate change startup, dedicada a redução das emissões de gases de efeito estufa

Solução que oferta:

Sistema de detecção precoce e automática de focos de incêndios.

ODS’s de Atuação:

3 (saúde e bem estar), 8 (trabalho decente e crescimento econômico), 13 (Ação contra a mudanças global do clima) e 15 (vida terrestre).

Utilização do empréstimo:

Capital de giro.

Mecanismo Financeiro Utilizado:

Plataforma de Empréstimo Coletivo,

Impacto:

A Sintecsys começou a operacionalizar em 2017 e hoje já são mais de 2,5 milhões de hectares monitorados 24 horas por dia. Desses, 33% são áreas nativas com reservas ambientais e florestas naturais divididos nos biomas:

  • Cerrado : 468.280 há
  • Amazônico : 221.011 há
  • Mata Atlântica : 118.080 há

 

 

A detecção rápida e eficaz de um foco de incêndio é fator preponderante em evitar catástrofes ambientais. A solução tem impacto relevante direto e indireto em diferentes vertentes. São elas:

– Ambiental: impacto regenerativo, reduzindo a emissão de CO2, protegendo florestas, preservando o ecossistema, a plantação e o solo para manter a sustentabilidade ambiental.

– Social: impacto na sustentabilidade econômica com a proteção contra incêndios nas cadeias produtivas e geradoras de riqueza. Contribuem também para melhor qualidade de vida no trabalho de brigadistas, quanto menor a queimada menor a exposição ao risco, e melhores condições respiratórias para a população local.

Visite o site