SITAWI se firma no topo do Investimento Responsável no mundo

Tweet about this on TwitterShare on Facebook

Foram anunciados no fim de março/2018, os resultados do maior ranking sobre práticas de Investimento Responsável do mundo, o Independent Research in Responsible Investment – IRRI. Figurando no ranking pelo quarto ano consecutivo, nesta edição a SITAWI foi reconhecida em dez categorias e teve quatro analistas bem posicionados em categorias individuais.

A organização conquistou o sexto lugar na categoria Pesquisa Socioambiental em Mercados Emergentes e permaneceu no TOP 10 global nas categorias Pesquisa Socioambiental para Renda Fixa, Notícias, Dados e Small Caps.

“Figurar num ranking global, apesar de atuar apenas no Brasil e América Latina, é motivo de orgulho para a SITAWI. Temos a maior equipe de pesquisa ASG (ambiental, social, governança) da região, cobrindo mais de 180 empresas (120 brasileiras), mais do que qualquer player global ou local. Apesar da amplitude da cobertura, nosso foco continua na profundidade, de maneira a possibilitar a nossos clientes geração de alfa a partir de análises ASG.”, afirma Gustavo Pimentel, diretor da SITAWI.

Nos ranking individuais, Guilherme Teixeira entrou para o TOP10 global das categorias Melhor Analista em Governança Corporativa e Melhor Analista Socioambiental para Investidores. Nas mesmas categorias, também apareceram Frederico Seifert (14º e 16º) e Cristóvão Alves (26º e 18º).  A edição de 2017 elegeu Gustavo Pimentel, Diretor da SITAWI, como 5o melhor profissional de Relações com Clientes / Vendas em Governança Corporativa e 27º em Pesquisa Socioambiental. Este resultado evidencia o preparo da equipe SITAWI para ajudar empresas, investidores e instituições financeiras a integrarem questões socioambientais e de governança em suas decisões de investimento.

“Em 2017, nossas pesquisas ASG sobre bancos latino-americanos, energias renováveis e a performance socioambiental do BNDES receberam destaque. Entrar para o top10 no primeiro ano que concorri ao ranking é motivo de orgulho. Em 2018, creio que o tema mudanças climáticas ganhará mais destaque no Brasil, e já estamos preparando análises para informar os investidores e instituições financeiras de seus riscos e oportunidades.” comentou Guilherme Teixeira, especialista ASG da SITAWI.
Ao longo de seis edições, o IRRI passou de 239 respondentes em 2012 para 1.136 em 2017 e se transformou em uma das principais fontes de informação sobre Investimento Responsável. De acordo com os resultados da pesquisa, os investidores institucionais estão exigindo cada vez mais que os gestores de ativos integrem os fatores de sustentabilidade e governança corporativa no processo decisório de investimentos e na elaboração de relatórios.

Desde 2013, a SITAWI analisa a performance socioambiental de empresas e instituições financeiras e é a única representante do Brasil no ranking principal do IRRI. Aumentamos a equipe de analistas e consultores, agora com 13 profissionais, e já cobrimos com valuation ASG 180 empresas na América Latina, sendo 120 brasileiras. Continuamos a oferecer 4.000 empresas globalmente na metodologia de rating ASG de nossa parceira VigeoEiris, agência líder em pesquisa socioambiental para investidores.

Seguimos gerando conhecimento com publicações abertas, incluindo um Guia ASG para fundos de pensão, uma análise do mercado de títulos verdes no Brasil, uma avaliação da evolução da responsabilidade socioambiental no BNDES, um ranking das empresas brasileiras com mais controvérsias socioambientais, dentre outras. Nossas pesquisas também serviram de base para publicações de nossos clientes, como Itaú, Itaú Asset Management, Stewart Investors, FAO, IDEC e WWF.

Os resultados do IRRI 2017 foram condensados em 63 tendências em investimento responsável e governança corporativa e classificados em 30 categorias de indivíduos e organizações que devem liderar o mercado nos próximos anos.  Confira o compilado e o resultado comentado em vídeo.

Tweet about this on TwitterShare on Facebook