SITAWI participa do debate ‘Mulheres no Mercado Financeiro’, na FEA-USP

Nossa analista de Finanças Sustentáveis, Itali Collini, participou como mediadora da mesa redonda “Mulheres no Mercado Financeiro” realizada no dia 27 de novembro pela Liga de Mercado Financeiro da FEA-USP. O evento foi direcionado a estudantes e discutiu os desafios no cotidiano de profissionais do sexo feminino, reunindo mulheres com grande destaque no setor.

Além de sua atuação na SITAWI em projetos de pesquisa e consultoria nos temas finanças sustentáveis, investimento responsável e negócios de impacto, Itali é co-fundadora e diretora do GENERA – Núcleo de Pesquisa em Gênero e Raça da USP. A economista foi listada como uma das Mulheres Inspiradoras de 2014 pela ONG Think Olga, devido a sua pesquisa pioneira sobre mulheres no mercado financeiro brasileiro e participou como Delegada jovem brasileira pelas causas de gênero no Spring Meetings FMI-Banco Mundial 2015.

O encontro contou com a presença de Paula Moreira (MD, Goldman Sachs), Milla Junqueira (VP, Rothschild) e Carolina Lacerda (Ex-MD e Head de IB no UBS) que compartilharam um pouco de suas experiências e trajetórias de carreira.

Dentre os desafios apontados pela economista, o número de mulheres contratadas nas áreas de business e suas barreiras para ascender a posições de liderança no mercado financeiro são pontos de atenção. Segundo levantamento do CFA Institute, um programa global para a certificação de profissionais de investimentos, no Brasil apenas 11% dos profissionais com certificado CFA são mulheres.

Outro questão levantada no evento foi a reprodução de estereótipos no ambiente de trabalho. Segundo Paula Moreira, a Goldman aumentou para 30 dias a licença paternidade. Entretanto, ainda há resistência no uso da mesma pela associação do benefício concedido ao homem a uma postura de comodidade, devido ao fato de as atividades de cuidados ainda estarem muito relacionadas com a figura da mãe.

Segundo Itali, o tema tem crescido em relevância para as empresas e principalmente grandes bancos, que buscam alcançar a nova geração em termos de acolhimento de minorias, criando comitês de diversidade e pensando em políticas de inclusão. A economista ressalta que os espaços para discussão do tema ainda são raros, mas imprescindíveis para compartilhar as perspectivas de mulheres de diferentes gerações e posições no mercado.

Saiba mais sobre a pesquisa Mulheres no Mercado Financeiro – Um olhar sob a ótica de gênero de autoria de Itali Colini aqui http://bit.ly/2eYBNaF


Confira artigos sobre o tema que contam com a participação de Itali:

“Os 4 sinais de machismo mais frequentes no ambiente de trabalho”: http://abr.ai/2dV2Wsz

“De piada sobre TPM a servir cafezinho: como lidar com machismo no trabalho?” http://bit.ly/2eWgXsy

 

Sobre a Liga FEA USP
A Liga de Mercado Financeiro da FEA USP foi criada a partir da necessidade de uma ponte entre o mercado financeiro e a realidade universitária. Com o apoio da diretoria da FEA USP, a Liga oferece aos feanos, atraves de palestras, grupos de estudos, networking e outras atividades, os conhecimentos necessários para alavancar suas chances de um melhor desempenho nesse mercado. Saiba mais no site ligafeausp.com.br ou na página https://www.facebook.com/ligademercadofeausp