SITAWI lança rodada de empréstimo coletivo para captar R$ 1,1 milhão para negócios de impacto

Pessoas físicas de todo o Brasil podem investir a partir de R$ 10, com rentabilidade de 10% ao ano, repagamento em 36 meses e 3 meses de carência

A SITAWI possui uma nova rodada de empréstimo coletivo em aberto. A iniciativa proporciona que pessoas físicas de todo o país invistam diretamente em dois negócios de impacto positivo atrelados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS). A captação já mobilizou cerca de R$100 mil para a Cooperativa de Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), que tem como objetivo a implementação de projetos de agricultura sustentável e beneficiamento de frutas nativas da caatinga. Agora, o foco está na captação para a Incentiv.me, organização de inovação tributária que conecta projetos sociais ao ecossistema de leis de incentivo fiscal.

Os recursos irão compor o capital de giro dos negócios de impacto para que ampliem sua escala de atuação e aprimorem suas operações. Investidores podem fazer aplicações a partir de R$10 com rentabilidade de 10% ao ano, repagamento em 36 meses e 3 meses de carência. Invista no impacto aqui!

Rodadas anteriores

Nos últimos dois anos, a SITAWI, por meio de sua Plataforma de Empréstimo Coletivo, já realizou sete rodadas de empréstimo coletivo, tendo mobilizado até então R$11 milhões. A organização, fundada em 2008, tem como missão mobilizar capital para impacto socioambiental positivo e já movimentou mais de R$242 milhões através de sua atuação. Nesse período, mais de 70 transações de investimento de impacto apoiaram mais de 58 negócios.

A Plataforma de Empréstimo Coletivo da SITAWI tem como objetivo oferecer a investidores a possibilidade de aportar capital em negócios que geram impacto socioambiental positivo e obter retorno financeiro atrativo. Os investidores obtêm rentabilidade competitiva e, de outro lado, os negócios têm acesso a uma linha de crédito com juros mais baixos do que os praticados no mercado. O modelo é conhecido como P2P lending.

Chamada de negócios de impacto na Amazônia

A SITAWI também está com uma chamada para negócios de impacto que atuam na Amazônia com demanda de crédito entre R$200 mil e R$800 mil. Até o dia 17 de dezembro, iniciativas que atuam com a economia da floresta em pé, podem se inscrever para participar da próxima rodada de empréstimo coletivo. O repagamento é feito entre 24 e 36 meses, com carência de até 180 dias e taxa de juros estimada entre 7,5% e 11,5% ao ano. As condições do empréstimo serão definidas em conjunto com o negócio, levando em consideração o impacto gerado pelo mesmo, a sua maturidade e a taxa básica de juros da economia (SELIC).

A Chamada de Negócios de Impacto da Amazônia visa encontrar negócios de impacto socioambiental positivo que mitigam os efeitos do desmatamento na Amazônia e geram conservação da biodiversidade, renda para suas comunidades e preservação da cultura local.

Através desta iniciativa, a SITAWI oferece o capital necessário, apoio e direcionamento para o negócio, além do acesso à rede de mentores e parceiros. Todas estas ações possuem o intuito de criar alternativas de financiamento para alavancar esses negócios, para que assim, possam continuar fazendo a diferença, impacto pessoas e o meio ambiente.

Para inscrever seu negócio, clique aqui. Dúvidas podem ser encaminhadas para o e-mail emprestimocoletivo@sitawi.net.