“SITAWI é a mais nova organização associada ao GIFE” – GIFE 11/01/2016

Por GIFE

“A SITAWI – organização sem fins lucrativos (OSCIP) carioca – acaba de ingressar na Rede GIFE e pretende trazer para o grupo toda a experiência e conhecimento na área de finanças sociais. Fundada em 2008, a instituição foi criada com o objetivo de viabilizar projetos de alto impacto social com dificuldades de financiamento no setor financeiro tradicional, trazendo o conceito de empréstimo social para o Brasil.

Em 2011, inclusive, este mecanismo inovador de financiamento social foi reconhecido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) como melhor investimento socialmente responsável da América Latina.

A organização atua no Brasil e exterior como uma plataforma de “Finanças do Bem” operando soluções financeiras para impacto socioambiental positivo, estando estruturada em quatro áreas: Finanças Sociais, Finanças Sustentáveis, Cultura Filantrópica e Negócios & Impacto.

Desde 2012, a SITAWI opera também um serviço de gestão de fundos sociais e ambientais para grandes doadores, além de aconselhar instituições financeiras na integração de questões socioambientais na estratégia de negócio, desenvolvimento de produtos, análise de riscos e investimentos.

Leonardo Letelier, CEO e fundador da SITAWI, destaca que, por meio das atividades desenvolvidas pela organização, foi possível alocar mais de R$ 6 milhões para o setor, apoiando 30 organizações a desenvolverem seus programas em diversas frentes, beneficando cerca de 130 mil pessoas. “Mas gosto de ressaltar que os nossos resultados vão muito além do que é tangível. O nosso papel é justamente o de trazer novas formas de financiar impacto social no Brasil e é o que temos feito nestes anos, como com o empréstimo social. Os nossos diferenciais são justamente as inovações que ajudam a mudar a forma de pensar o campo social”, destaca.

Na opinião de Leonardo, essa nova maneira de olhar para o setor é uma tendência que tem se ampliado nos últimos anos no país, tendo, inclusive, o próprio GIFE definido como uma das suas agendas estratégicas o apoio aos negócios de impacto social, explorando e fortalecendo as diversas formas de destinação de recursos privados para a geração de impacto social – em iniciativas com ou sem fins lucrativos.

A SITAWI atua ainda em outros espaços como, por exemplo, na diretoria executiva da Força Tarefa Brasileira de Finanças Sociais (FTFS) – do qual o GIFE também faz parte.  A FTFS é um grupo que reúne representantes de diversos setores e visa ampliar o capital privado e público para o desenvolvimento de mecanismos e negócios de impacto que contribuam para a solução de problemas sociais brasileiros. A meta é elevar os investimentos de impacto no Brasil de R$ 13 bilhões, em 2014, para R$ 50 bilhões até 2020, em ações e negócios que atrelam impacto social e sustentabilidade financeira, ou seja, que ampliam a oferta de produtos e serviços que resolvem problemas sociais e que têm desempenho financeiro positivo.

O CEO da SITAWI ressalta ainda uma nova proposta de ação da organização, juntamente com outras instituições, para o desenvolvimento do “social impact bond” no Brasil. O SIB é um mecanismo financeiro no qual os investidores pagam para o governo a realização de um conjunto de intervenções a fim de melhorar um resultado social. Se o resultado social acontesse, o governo reembolsa os investidores o investimento inicial acrescido de um rendimento para os riscos financeiros que eles tomaram.

“Essa forma de atuação dá mais tranquilidade para a ONG que já estava desenvolvendo a atividade social, por exemplo, pois não fica à merce de mudanças de governo e, provavelmente, o governo também acaba economizando, pois terá projetos com mais impacto social, pois estão atrelados aos resultados que devem ser alcançados, ou seja, à performance social”, comenta Leonardo.”