Mulheres unidas pelo fim da violência doméstica

Especialistas e ativistas apoiadas pelo Fundo Fale Sem Medo se reuniram para explanar os atuais desafios ao enfrentamento da violência doméstica. A iniciativa é fruto de uma parceria do Instituto Avon e ELAS Fundo de Investimento Social, parceiros da SITAWI Finanças do Bem.

Segundo dados do Mapa da Violência 2015, o Brasil já registra 13 feminicídios por dia e que uma em cada cinco mulheres já sofreu algum tipo de violência. Em 70% dos casos o agressor é o companheiro, ou ex companheiro. O serviço Ligue 180 registrou 76.651 relatos de violência em 2015 e mais de 60% do casos eram mulheres negras. Em 2016, a Lei Maria da Penha completa 10 anos, mas ainda precisamos avançar, pois as políticas de prevenção ainda não atuam nos maiores índices de coerção.

A igualdade de gênero, com empoderamento de meninas e mulheres é o tema do quinto item dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Esse objetivo pede o fim da discriminação (5.1) e da violência (5.2) contra mulheres e meninas. Para além da dimensão da cidadania e do direito à vida, a meta trata também de questões econômicas, buscando reformas que levem a direitos iguais à propriedade, controle sobre a terra, recursos financeiros, herança e recursos naturais (5.a). Como estratégia para conferir mais poder as mulheres, está o uso das novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), sobre o que versa a meta 5.b.

Assista o vídeo #10anosLeiMariadaPenha: Quais são os desafios?

 

Para saber mais sobre o ELAS Fundo de Investimento Social, acesse: http://www.fundosocialelas.org/

Para conhecer o Fundo Fale Sem Medo, acesse: http://www.fundosocialelas.org/falesemmedo/informacoes.php