Laboratório estimula o mercado de títulos verdes no Brasil

O mercado internacional de títulos verdes (green bonds) movimentou, em 2016, US$ 81 bilhões. Para acompanhar essa tendência, a Associação Brasileira de Desenvolvimento – ABDE, junto a Comissão de Valores Imobiliários – CVM e o Banco Interamericano de Desenvolvimento lançaram, no dia 3 de agosto, o Lab de Inovação Financeira para Sustentabilidade. O intuito do Lab é reunir diferentes setores (financeiro, consumidor, provedor, regulatório) em um fórum de discussão intersetorial a fim de gerar conhecimento e fomentar ferramentas financeiras para o desenvolvimento sustentável.

O evento aconteceu no Hotel Prodigy, no Rio de Janeiro, e reuniu representantes do Sistema Nacional de Fomento, entidades governamentais, seguradoras e investidores. A SITAWI dá apoio, como consultora externa, ao grupo de trabalho sobre Títulos Verdes.

Os títulos verdes emitidos por empresas brasileiras já somam mais de US$ 3 bilhões e a SITAWI tem trabalhado em parceria com alguns atores como a Climate Bonds Initiative, BID e CEBDS para disseminar o conceito de green bonds no Brasil, atuando como avaliadora independente das credenciais verdes desses títulos.

Na ocasião de lançamento do Lab, foi realizada a primeira reunião do grupo de trabalho sobre títulos verdes, que tem um cronograma de atividades até maio de 2018. O panorama dos títulos verdes no Brasil e no mundo foi apresentado pela SITAWI conjuntamente com a Climate Bonds Initiative, bem como as  principais questões para o desenvolvimento do mercado no país, o papel dos agentes reguladores e públicos e exemplos de como outros países fomentaram seus mercados locais.

Finanças Verdes e Instrumentos Financeiros e Investimento de Impacto também terão Grupos de Trabalho para avançar na agenda da sustentabilidade. As novidades sobre a iniciativa serão divulgadas  no site oficial do Lab: http://www.labinovacaofinanceira.com/