Investimento na Amazônia | Websérie Finanças do Bem

 

“Toda a conexão entre a cadeia de valor que você está operando com a cadeia de valor que você está investindo, o tipo de negócio mais alinhado a isso, o tipo de empreendedor, o apoio que ele precisa, o instrumento financeiro, o elemento de mitigação de risco e o tipo de capital, você tem que alinhar todos esses fatores para aumentar sua probabilidade de sucesso fazendo investimento de impacto na Amazônia”, explica Leonardo Letelier, da SITAWI.

O investimento de impacto na Amazônia tem uma grande vantagem frente ao investimento tradicional porque pensa desde o princípio em todas as dimensões que envolvem o local. São consideradas  as peculiaridades da região amazônica frente aos demais grandes centros de investimento, que envolvem diretamente a logística e o impacto social nas comunidades que vivem nas florestas.

O terceiro episódio também traz o relato de Mariano Cenamo, do Instituto IDESAM, que explica o objetivo central do instituto e como funcionam alguns projetos desenvolvidos por eles na Amazônia. Já Nick Oakes, do Althelia Funds, esclarece quais são os setores que mais os atraem para investimento na região. Confira o vídeo para entender mais sobre o assunto!

Inscreva-se em nosso canal para receber a notificação e assistir a todos os episódios em primeira mão. Caso queira comentar sobre este conteúdo, compartilhar sugestões e dúvidas, fique à vontade para escrever para comunicacao@sitawi.net.

Sobre a Websérie

Com entrevistas gravadas no 2º Seminário Finanças do Bem: o Estado da Arte, a websérie é composta por quatro capítulos que abordam os temas: Blended Finance, Investimento na Amazônia, Descarbonização de Portfólio e Evolução Regulatória. A cada semana um novo episódio é divulgado.