Como medimos o impacto

A SITAWI valoriza e tem forte compromisso com o monitoramento e a avaliação do impacto das iniciativas e investimentos. Em constante desenvolvimento, nossos processos de análise  e avaliação de impacto permitem certa flexibilidade para contemplar as particularidades  de cada negócio, mas seguem uma mesma metodologia para definição de indicadores e monitoramento que lhes garante robustez e comparabilidade entre os negócios. Atualmente, as atividades de avaliação das oportunidades de investimento se dão conforme o esquema a seguir. Através desse processo, a SITAWI reafirma seu compromisso com o entendimento, monitoramento e comunicação  do impacto socioambiental da organização e dos negócios financiados, visando proporcionar insights tanto para os parceiros e instituidores em suas experiências de investimento de impacto, como para as organizações e empreendedores na validação e busca pela maximização de seus impactos.

AvaliacaoDeImpacto_SITAWI cópia


  1. 1.Teoria de Mudança (TdM) alinhada aos ODS da ONU

    Levantamos e analisamos os dados do negócio e de impacto para desenho inicial da TdM. De forma lógica, produzimos o mapa que ilustra os caminhos que ligam as atividades executadas pela organização aos respectivos outputs (saídas), passando pelos resultados esperados em curto e médio prazos, até o atingimento do impacto efetivo, sempre alinhado com os ODS da ONU. Ao longo do mapeamento, são também apontados os riscos que podem impedir o atingimento do impacto e as premissas assumidas para que os resultados sejam obtidos.

  2. 2. Validação das premissas com beneficiários
  3. Conduzimos entrevistas com beneficiários da organização para validar os entendimentos da solução, da TdM e dos dados coletados. Estas conversas são de grande relevância, pois também possibilitam um melhor entendimento do Potencial de Extensão e do Potencial de Profundidade do impacto da organização.

  4. 3. Cálculo do Impact Rating
  5. Após processar os dados coletados, são feitos os cálculos do Rating do Impacto Socioambiental da organização através de ferramenta desenvolvida para quantificar e qualificar o impacto da organização quanto à  diferentes aspectos, tais como: Potencial de Extensão (número de pessoas alcançadas em termos absolutos); Potencial de Profundidade (intensidade da mudança esperada na vida dos beneficiários); e Riscos ao impacto (riscos que impediriam a intervenção de atingir os impactos planejados).

  6. 4. Definição dos Indicadores em contrato
  7. Conduzimos reuniões de feedback e validação com os responsáveis pelos negócios, onde repassamos os relatos e insights obtidos nas etapas anteriores e validamos e fazemos os ajustes finais na TdM da organização. Nestas reuniões também são  definidos indicadores relevantes à TdM e ao propósito da organização, além da periodicidade e formas de coleta de reporte destes. Os indicadores definidos são, então, adicionados ao contrato assinado com a organização, demonstrando a importância de monitoramento e reporte.

  8. 5. Monitoramento
  9. Durante o período de contrato, é realizado o monitoramento dos indicadores, solicitando também envio periódicos de fatos, notícias ou relatos relevantes da organização, de suas operações e do impacto positivo gerado.