CEO da SITAWI no jornal O Globo

O CEO da SITAWI, Leonardo Letelier, conta um pouco da sua história e das motivações que o levaram a mudar de vida e se transformar em um empreendedor social.parajumpers kodiak

Em 2006, após oito anos como consultor da McKinsey, Leonardo Letelier recebeu  duas sondagens de emprego: de um private bank europeu que ia se  estabelecer no Rio e da ONG CDI.  Estranhou ter ficado igualmente animado por duas coisas tão diferentes. “Descobri que queria juntar o business ao social, ou seja, usar minha  experiência corporativa para fazer algo com efeito transformador”, diz ele, de  39 anos. Criou, então, um projeto pioneiro no Brasil: a SITAWI — Finanças do  Bem, um fundo social sem fins lucrativos que empresta dinheiro para ONGs a juros  muito abaixo do mercado (7,25% ao ano) e com menos burocracia.

2capuccinoseaconta_cut

Confira a entrevista completa aqui