Comunitas discute caminhos para o financiamento da inovação em gestão

Por Comunitas

Caminhos para o financiamento da inovação em saúde foi o tema da terceira roda de conversa que aconteceu hoje (09), durante o 8º Encontro de Comitês Gestores da Comunitas. O debate foi liderado pela secretária de saúde de Juiz de Fora, Elizabeth Jucá e pelo fundador da SITAWI, Leonardo Letelier.

Durante a conversa, Leonardo apresentou o termo Social Impact Bond (SIB), como um novo mecanismo de contratação pública e financiamento privado de serviços sociais. Segundo ele, esse é um tipo de serviço com pagamento condicionado ao atingimento de metas e resultados e, o diferencial, é que são aferidos por um avaliador independente.

“O SIB é uma ferramenta inovadora de contratação por resultado social que promove racionalização no uso dos recursos públicos. Essa é um caminho importante para a inserção de inovações no serviço social público”.

A secretária Elizabeth Jucá tratou do tema “transformando crise em oportunidade” e apresentou o trabalho de conclusão de curso apresentado no Master em Liderança Pública (MLG). O curso é promovido pelo Centro de Liderança Pública (CLP), o qual a Comunitas disponibiliza algumas bolsas de estudos para gestores da rede Juntos.

O trabalho, realizado em parceria com mais outros dois secretários de Juiz de Fora, Michael Guedes de Comunicação e Fulvio Albertoni de Finanças, tratou da inovação no setor público. O projeto de lei cria o Inova JF, um fundo específico para aplicação de prioridades apontadas pelos cidadãos na área em que se destina.

“Propomos uma consulta à população de um problema a ser enfrentado pela Prefeitura de Juiz de Fora, para que as pessoas criem soluções inovadoras, mas viáveis de implementação, que serão analisadas pela administração municipal”, explicou Elizabeth.

A secretária explicou que para garantir o acréscimo do resultado primário, é preciso planejar ações e metas que deverão ser atingidas durante um ano. “Essas metas a serem alcançadas do resultado primário, tanto da receita quanto da despesa, para um ano, deverão ser publicizadas para que a sociedade acompanhe os esforços da Prefeitura de Juiz de Fora no enfrentamento da crise”.