150 painéis fotovoltaicos instalados no Santa Marta, comunidade no Rio de Janeiro

Ao longo de pouco mais um ano, a Insolar esteve na comunidade do Santa Marta, na Zona Sul do Rio de Janeiro, desenvolvendo o projeto #makethefuture patrocinado pela Shell. O negócio social, capitaneado por Henrique Drumond, contou com apoio da SITAWI Finanças do Bem para o desenvolvimento do projeto piloto que possibilitou a expansão da iniciativa e, consequentemente, o incentivo da multinacional.

_MG_8197

Espaços comunitários como creches, igrejas, associação de moradores, quadra de escola de samba, CRAS (Centro de Referência da Assistência Social), estações do Plano Inclinado, dentre outros locais escolhidos pelos moradores, tiveram placas solares instaladas, reduzindo os gastos com contas de luz e ampliando o acesso à energia limpa. Ao todo, foram mais de 30 pontos beneficiados, incluindo dez refletores solares de emergência colocados em locais estratégicos na comunidade.

Texto-MakethefutureSITAWI-2

Quando questionado sobre o impacto do projeto na comunidade, Henrique conta sobre o sentimento de prosperidade vivenciado durante o projeto e que é esperado para os próximos anos.

“O que vem em mente é a alegria da Adriana, presidente da Creche Mundo Infantil, ao receber a primeira conta de energia zerada; a festa dos alunos da Escola de Música do Spanta inaugurando a nova laje da Associação de Moradores; o culto de Páscoa celebrado pelo Pastor Valdecir na Praça Corumbá, iluminada durante um blackout pelo refletor de emergência instalado pelos Embaixadores Insolar”, pontuou.

Texto-MakethefutureSITAWI-3

A energia é o principal agravante para as mudanças climáticas, sendo responsável por cerca de 60% das emissões globais totais de gases do efeito estufa. No entanto, segundo as Nações Unidas, atualmente, a energia renovável representa apenas 15% do conjunto global de energia. A iniciativa comunitária desenvolvida no Santa Marta dialoga com 14 dos 17 Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. Nesse sentido, potencializa especialmente o compromisso de número sete que consiste em assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos.

Texto-MakethefutureSITAWI-4

O projeto contemplou também a capacitação de mão-de-obra local para dar suporte e continuidade ao novo mercado potencial no Santa Marta e em outras regiões da cidade. Quarenta alunos, sendo 35 moradores do Santa Marta e 5 profissionais de outras comunidades, qualificaram-se em instalações elétricas e solares e poderão exercer seu ofício dentro e fora da comunidade.

No dia 11 de maio aconteceu a cerimônia de encerramento do projeto #makethefuture no Santa Marta. As organizações parceiras foram homenageadas e os moradores capacitados pelo projeto receberam seus certificados de conclusão dos cursos de Instalações Elétricas, NR 10 – Norma Regulamentadora sobre Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade, NR 35 – Trabalhos em Altura, Instalações Fotovoltaicas e Vivências Práticas nas Instalações do Santa Marta.

“Quando nos perguntam o número de alunos capacitados pelo projeto no Santa Marta, a resposta é 40. Mas o que vem em mente são as histórias de vida e superação de cada aluno e de cada aluna que participou do curso com a gente”, contou Henrique Drumond, fundador da Insolar.

_MG_8485

O êxito da iniciativa se deu pela participação e adesão da população local que trabalhou em conjunto com a Insolar e outras organizações parceiras. Jorge Alexandre Firmino, morador do Santa Marta que realizou os cursos de capacitação, comentou que a forma como a iniciativa foi conduzida garantiu seu sucesso na comunidade.

“Integrar os moradores na construção do projeto foi fundamental para a adesão da comunidade. A Insolar não chegou com a solução pronta, mas se dispôs a ouvir e incentivar a participação da população desde o início”, declarou Firmino.

Ao todo, foram realizadas 259 entrevistas com moradores para decidir os locais de instalação das placas solares. A energia limpa que será gerada pelos 150 painéis fotovoltaicos instalados equivale a 185.000 dias de luz!

Sobre a Insolar

Insolar é um negócio social dedicado a promoção e democratização do acesso a energia solar no Brasil. Saiba mais e acompanhe as redes: https://www.facebook.com/brasilinsolar/

Confira nosso relatório anual

Desafios sociais e ambientais cada vez maiores demandam soluções multidisciplinares e coordenadas. É nessa direção que a SITAWI tem buscado desenvolver ferramentas inovadoras e parcerias que avancem a geração de impacto socioambiental positivo. Acesse o Relatório Anual 2016.

baixe o relatorio