RI Brazil 2016

29 de julho de 2016

O objetivo deste estudo é avaliar o grau de incorporação ASG dos fundos de pensão brasileiros. Foram analisadas as políticas de investimento dos 50 maiores fundos de pensão brasileiros e os Relatórios de Transparência (2014/15) dos 14 fundos signatários do PRI. Acesso à política de investimento, Incorporação ASG na política de investimento, Grau de sofisticação das práticas ASG, Incorporação ASG em diferentes classes de ativos e Participação em iniciativas de sustentabilidade foram os tópicos analisados.

O relatório identificou tendências positivas na indústria brasileira de fundos de pensão, mas ainda há um longo caminho a percorrer para que haja efetiva incorporação ASG no setor criando oportunidades para diferentes stakeholders.

Confira também a versão em inglês.

RI BR 2016 port