Fusões e outras colaborações Estruturadas de Longo Prazo no Setor Social

3 de fevereiro de 2016

No cenário brasileiro atual, percebemos que as organizações sociais buscam colaborações que tragam maior escala de impacto social, melhor qualidade dos programas, fortalecimento da capacidade de captação de recursos, eficiência administrativa, maior solidez financeira e melhor capacidade de gestão de risco. Quanto mais profunda e estruturada a colaboração, maior o potencial de resultados de eficiência e efetividade organizacional, e de impacto na comunidade. Este estudo traz casos de compartilhamento de Missão, Metodologia, Programas e Infraestrutura, expondo não só razões e ganhos destas colaborações, como também os desafios. O Estudo de Fusões foi lançado no Congresso GIFE, em março de 2014.

Sitawi_capa-estudo-fusoes